Gary King

New Orleans East Hospital


Nos dias seguintes aos furacões Katrina, os funcionários do New Orleans East Hospital, antigo Hospital Metodista Pendleton Memorial, enfrentaram o desafio de suas vidas. Só podemos imaginar como foi difícil coordenar as evacuações de pacientes e funcionários sem energia, telefone fixo ou serviço de telefonia celular.
 
Após esse evento seríssimo, os funcionários do governo entenderam com clareza que os hospitais precisavam de planos de preparação para emergências que não dependessem de telefone fixo ou celular para comunicações. Para muitos fornecedores que se preocupam com o próximo desastre natural, os fatores de reputação e acessibilidade levam a adotar a tecnologia via satélite da Globalstar.
 
E assim foi no caso do New Orleans East Hospital. Gary King foi responsável por todas as aquisições relacionadas ao novo hospital, e ele decidiu o que usariam para as comunicações de emergências. Gary precisava de um sistema de comunicações de backup altamente confiável, por isso conversou com os funcionários sobre sua experiência em outras instalações.
 

“A recomendação de nossa equipe colocou a Globalstar na minha frente, mas a acessibilidade do preço foi o fator determinante”

 
“A recomendação de nossa equipe colocou a Globalstar na minha frente, mas a acessibilidade do preço foi o fator determinante” , diz King. A recomendação de funcionários com experiência direta com os telefones móveis via satélite GSP-1700 deu a ele confiança sobre a adequação da tecnologia para o trabalho. No fim das contas, os aparelhos de baixo custo e os planos de serviço realmente fecharam o acordo. Com a compra de certos planos, o telefone vem gratuitamente ou com descontos significativos.
 
O aparelho oferece muitas das mesmas características que os telefones celulares tradicionais, incluindo uma interface e design similares. Essa experiência de usuário intuitiva torna o sistema uma escolha inteligente para uma força de trabalho que só ocasionalmente usa o serviço de satélite.
 
Em geral, os telefones via satélite são ligeiramente maiores do que os telefones celulares de hoje, devido à grande antena necessária para se comunicar nas freqüências de satélite. O GSP-1700, no entanto, cabe facilmente em um bolso, tornando-o ideal para responder com urgência a uma crise. A Globalstar atende a todos os padrões e requisitos federais SAFECOM para a interoperabilidade de comunicações de segurança pública sem fio  ao enfrentar desastres ou ataques terroristas.
 
Assim, em 2014, quando o New Orleans East Hospital abriu oficialmente suas portas para os pacientes, a equipe tinha cinco telefones via satélite Globalstar prontos para uso em caso de emergência.
 
Gary e sua equipe estão confiantes de que, se outra tragédia afetar a região, eles podem confiar nos telefones Globalstar para se comunicar. Comunicação confiável significa que os funcionários do hospital podem alcançar seus objetivos: prestar cuidados e salvar vidas, não importa o que aconteça.